Seu portal de notícias do setor energético

3R Petroleum obtém licença operacional do Polo Potiguar

Complexo Potiguar manteve-se estável, enquanto o Complexo Recôncavo registrou um aumento de 1,9% boe/d (Divulgação/3R Petroleum)

A 3R Petroleum anunciou, nesta sexta-feira (19), que recebeu do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama) as licenças operacionais para o Polo Potiguar. Os documentos são considerados a última fase da negociação para a compra do ativo junto à Petrobras.

Segundo comunicado da companhia, as licenças expedidas autorizam as operações nos campos de Ubarana, Ubarana Oeste e Cioba. A concessão do licenciamento reforça a expectativa da 3R de que a venda do Polo Potiguar seja concluída ainda em maio.

No início deste mês, o presidente da 3R Petroleum, Matheus Dias, confirmou ao CANAL DA ENERGIA que o fechamento do negócio dependia, apenas de análises das transferências das Licenças de Operação (LOs).

“A 3R está em fase final de cumprimento das obrigações do contrato de aquisição com a Petrobras, para que possa assumir as operações do Polo Potiguar, ativo estratégico e relevante do nosso portfólio. Nossa expectativa é concluir a transação até o final do mês de maio”, confirmou Dias, no início de maio.

Segundo o executivo, o Polo Potiguar é estratégico para a companhia. Além da escala de produção, oferece outro diferencial. “É a estrutura de midstream e downstream, que contribuem para verticalização de parte da cadeia, além de trazer benefícios econômicos, logísticos e notada flexibilidade comercial”, avalia o presidente da 3R Petroleum.

Negócio bilionário

A 3R Petroleum fechou a compra do Polo Potiguar com a Petrobras em janeiro do ano passado. O negócio foi fechado por US$ 1,38 bilhão no total, sendo US$ 110 milhões na data de assinatura do contrato de compra e venda; US$ 1,04 bilhão no fechamento da transação e US$ 235 milhões em 4 parcelas anuais de US$ 58,75 milhões, a partir de março de 2024.

A estimativa de investimentos a serem aplicados pela petroleira na Bacia Potiguar, incluindo o Polo Potiguar, são de US$ 190 milhões em 2023.

A transação é uma das que já tinham contratos assinados antes da Petrobras anunciar, em março deste ano, a suspensão dos processos de desinvestimentos. Quando anunciou as mudanças, ressaltou, no entanto, que negociações já assinadas seriam mantidas.

Sobre o Polo Potiguar

O Polo Potiguar compreende três subpolos (Canto do Amaro, Alto do Rodrigues e Ubarana) e totaliza 22 campos, dos quais 3 concessões marítimas e 19 concessões terrestres. A transação inclui ainda a estrutura de refino integrada ao processo de produção de óleo e gás, composta pela Refinaria Clara Camarão, localizada em Guamaré/RN.

As concessões do subpolo Ubarana estão localizadas em águas rasas, entre 10 e 22 km da costa de Guamaré. As demais concessões dos subpolos Canto do Amaro e Alto do Rodrigues são terrestres.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar