Seu portal de notícias do setor energético

3R Petroleum quer diversificar base de clientes do gás

Paralisação teve início no dia 15 de maio e reparo foi concluído no último dia 24 (Foto: Divulgação/3R Petroleum)

A 3R Petroleum quer diversificar sua base de clientes e pretende ir ao mercado, nos próximos meses, para comercializar parte do gás natural do Polo de Peroá, na Bacia do Espírito Santo. Hoje, todo o volume produzido pela companhia no ativo é vendido para a Petrobras, antiga operadora da área e dona das unidades de tratamento de gás de Cacimbas (ES).

O diretor de exploração e produção da 3R, Maurício Diniz, conta que a empresa está em fase final de negociações com a estatal, para uso da infraestrutura.

O acordo permitirá à 3R tratar o gás que exceder os volumes contratados com a Petrobras e comercializar essa molécula excedente com outros clientes.

“Esperamos, no segundo quarto do ano, concluir a negociação para a Petrobras passar a tratar esse gás e passarmos a vender diretamente a outros consumidores”, disse Diniz, ao participar nesta quinta-feira (27/4) de teleconferência com analistas e investidores.

O contrato de comercialização com a Petrobras prevê uma retirada mínima (take-or-pay) de 500 mil m³/dia, mas, segundo Diniz, Peroá pode produzir, hoje, entre 600 mil e 650 mil m3/dia, a depender da demanda.

No futuro, o projeto de conexão da descoberta de Malombe tem potencial de atingir, no pico, 2,5 milhões de m³/dia de gás.

Fora do universo Petrobras, a 3R Petroleum tem hoje um único cliente: a Bahiagás, com a qual tem compromisso para envio de 177 mil m3/dia em 2023 e 200 mil m3/dia no 1º semestre de 2024.

 

 

 

Com informações da EPBR

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar