Seu portal de notícias do setor energético

3R Petroleum vê potencial para expandir negócios no RN

Informação foi dada pelo CEO da 3R Petroleum, Matheus Dias, em reunião com a governadora Fátima Bezerra (Foto: Carmen Félix)

A 3R Petroleum revelou que pretende expandir os negócios no Rio Grande do Norte. A intenção foi apresentada pelo CEO da companhia, Matheus Dias, à governadora do estado, Fátima Bezerra (PT), em reunião nesta terça-feira (13), em Natal. O anúncio ocorre uma semana após a petroleira assumir as operações do Polo Potiguar, que anteriormente pertencia à Petrobras.

Segundo Dias, na primeira semana de operação, é perceptível o potencial para aumentar a capacidade de refino e de ter uma operação mais eficiente do ativo. O CEO informou ainda que a companhia contratou/renovou com as terceirizadas, observando a base salarial e os benefícios aplicáveis ao setor, e com os principais fornecedores, a fim de propiciar a expansão dos seus negócios no estado.

Precificação

No encontro, a governadora Fátima Bezerra expôs a preocupação do Executivo estadual com o preço da gasolina no RN, acima da média praticada no Nordeste. Ela justificou que preços elevados impactam econômica e socialmente o estado.

“Em que pese o respeito à autonomia da empresa e às suas decisões, eu não posso deixar de ressaltar a importância de se manter um preço justo dos combustíveis vendidos na refinaria Clara Camarão. Isso tem impacto direto na economia e na vida das pessoas”, afirmou a governadora.

Ao assumir o controle da Clara Camarão, o preço da gasolina A – sem a mistura obrigatória do etanol anidro – subiu 17 centavos em relação ao praticado anteriormente. No RN, o valor cobrado na refinaria tem peso entre 30% e 35% na formação do preço final ao consumidor.

A 3R Petroleum considera a situação pontual, de início de operação. Em nota, esclarece “que os preços dos produtos derivados produzidos pela Companhia seguem parâmetros de mercado – tais como o dólar, o valor de referência internacional do petróleo, custos logísticos para recebimento de derivados na região Nordeste, entre outros. Vale destacar que ajustes nos preços podem ocorrer de forma recorrente, amparados por critérios técnicos e condições de mercado”, explica.

Postos de trabalho

A questão do emprego também foi abordada na reunião. De acordo com a 3R, o modelo de negócio da companhia prevê a primarização das funções estratégicas, mantendo os profissionais com conhecimento das operações, e estabelecendo contratos com parceiros estratégicos que já cuidavam da operação do ativo industrial.

Com base em dados de 2021, a Redepetro/RN, estima que o petróleo tem atualmente um peso de 13% na formação do Produto Interno Bruto do RN, mas a tendência é que essa participação aumente com o início da operação/reativação de novos campos.

Produção

As concessões do Polo Potiguar registraram no primeiro quadrimestre de 2023, uma produção média de 16,5 mil barris de óleo por dia e 37,3 mil m³/dia de gás natural. Considerando a produção proforma, a Companhia alcançou 42,3 mil barris de óleo equivalente por dia em abril de 2023.

O polo concentra três subpolos de exploração de petróleo e gás (Ubarana, Canto do Amaro e Alto do Rodrigues na Bacia Potiguar), além de toda a estrutura do Ativo Industrial de Guamaré (AIG), composto pelas unidades de processamento de gás natural (UPGNs), a refinaria de Clara Camarão e o Terminal Aquaviário de Guamaré.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar