Seu portal de notícias do setor energético

ANP autoriza operação em seis campos no Polo Bahia Terra

O aval da ANP possibilitará o reestabelecimento de 43% da produção total do Polo Bahia Terra (Reprodução)

A Petrobras informou nesta terça-feira (2) que obteve autorização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para retomar a produção de mais seis ativos no polo Bahia Terra, Bacia do Recôncavo. O regulador autorizou a volta de seis instalações, localizadas nos campos de Taquipe, Buracica, Fazenda Alvorada, Rio do Bu e Cidade de Entre Rios.

A companhia informou que iniciou a execução dos procedimentos operacionais necessários para o “retorno seguro do processo produtivo dessas instalações”.

O aval da ANP possibilitará o reestabelecimento de 43% da produção total do Polo Bahia Terra, somados os ativos recém-liberados às instalações já autorizadas a retomarem a operação.

A ANP paralisou a operação do Polo Bahia Terra no fim de 2022 após fiscalização identificar problemas de integridade. A Petrobras, no governo de Jair Bolsonaro (PL), colocou o polo à venda e já havia recebido propostas de um consórcio formado por Eneva e PetroReconcavo.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates (PT), já afirmou que a companhia respeitará os contratos assinados para venda de ativos, mas a liquidação do Polo Bahia Terra será reavaliada sob “uma nova ótica” e ainda não há decisão sobre o futuro dos campos.

Ele lembrou que, no caso do conjunto de campos terrestres da Bahia, o acordo não está finalizado, nem assinado. Em 2022, a empresa abriu negociações para venda do ativo para a Eneva e PetroReconcavo, mas não chegou a assinar contrato.

Segundo a PetroReconcavo, a empresa adiantou R$30 milhões à Petrobras, para iniciar a fase de negociação dos termos e condições para a potencial aquisição das concessões associadas ao Polo Bahia Terra.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar