Seu portal de notícias do setor energético

Edital prevê R$ 20 mi para projetos em energias renováveis

Presidente do BNB, Paulo Câmara, durante lançamento de edital que destinará R$ 20 milhões a projetos voltados a energias renováveis (Divulgação/BNB)

Projetos geradores de soluções que estimulem o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação das cadeias produtivas de energias renováveis têm a possibilidade de acesso a R$ 20 milhões em recursos não reembolsáveis, disponibilizados pelo Banco do Nordeste. O anúncio foi feito nesta terça-feira (29), pelo presidente da instituição financeira, Paulo Câmara, durante a cerimônia de lançamento do Edital do Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundeci) 01/2023 – Energias Renováveis, ocorrida em Natal (RN).

O objetivo do banco, segundo o presidente Paulo Câmara, é impulsionar o desenvolvimento sustentável por meio do edital, considerado o maior da história da instituição financeira.

“Ampliamos o apoio à produção de energias renováveis no Nordeste, em função da grande vocação da região para essa atividade. O Edital Fundeci que lançamos hoje, o maior da história do BNB, é um instrumento fundamental de incentivo à transição energética para diversas fontes limpas, a exemplo do hidrogênio verde. Nossa intenção é estimular projetos que criem ou aperfeiçoem tecnologias mais eficientes, acessíveis e ambientalmente corretas, para incentivar a geração limpa e produtos verdes em nossa área de atuação”, ressaltou.

Os recursos disponibilizados se destinam ao apoio financeiro de instituições públicas e privadas, sem fins lucrativos, que propõem soluções voltadas para as cadeias produtivas das fontes renováveis de energia, especialmente no que diz respeito ao hidrogênio verde.

A expectativa é contribuir para a geração de maior eficiência operacional, competitividade econômica e desenvolvimento sustentável para os empreendimentos localizados na área de abrangência da instituição financeira, que inclui além dos estados do Nordeste, parte de Minas Gerais e Espírito Santo.

 

Presente ao evento, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, destacou o protagonismo do estado na geração de energias renováveis e a participação expressiva local nessa matriz no Nordeste. A região, atualmente, já responde por 90% da produção de energia eólica e 85% da solar no Brasil.

“Estamos comprometidos com o fortalecimento das cadeias produtivas de todas as formas renováveis, a exemplo do hidrogênio verde, como vemos hoje aqui, o combustível do futuro. O progresso que nós queremos e estamos trabalhando para promover é justo e inclusivo, assim verdadeiramente sustentável”, ressaltou a governadora.

Detalhes do Edital Fundeci

Para acessar o edital, os projetos devem ter um período de execução entre 12 e 36 meses e abordar pelo menos uma das linhas temáticas definidas: produção, armazenamento, transporte e utilização do hidrogênio verde e inovação tecnológica nas cadeias produtivas de energias renováveis.

Também redução da dependência da matriz hidráulica; diminuição da necessidade de utilização de termoelétricas em momentos de crise hídrica; além de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação com foco na ampliação, redução dos impactos, integração ou interiorização das cadeias produtivas do setor.

Cada projeto pode receber aporte financeiro entre R$ 100 mil e R$ 1 milhão, destinado ao pagamento de recursos humanos, equipamentos e material permanente, serviços terceirizados, material de consumo, entre outros. As inscrições já estão abertas e permanecerão disponíveis até 24 de outubro, por meio do site do Banco do Nordeste. O resultado da primeira fase de seleção de projetos será divulgado no próximo dia 7 de novembro.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar