Seu portal de notícias do setor energético

Eólica e solar respondem por 25% da eletricidade no Brasil

Dos 7 GW de expansão elétrica registrada neste ano, 3 GW correspondem à energia solar (Foto: Freepik)

Um quarto da eletricidade gerada no Brasil, no mês de julho, resultou das fontes eólica e solar. Os dados, divulgados nesta segunda-feira (21), são da Ember, organização sediada em Londres, na Inglaterra. Esta é a primeira vez que as duas fontes alcançam a marca no país.

Segundo o levantamento, feito com base nos dados públicos da Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), as energias eólica e solar responderam por 27% da eletricidade brasileira no período. Deste total, 19% da eletricidade (10 terawatt-hora) veio da energia eólica e 8% (4,1 terawatt-hora) da energia solar.

“O Brasil está agora entre os 25 países do mundo que atingiram a marca de um quarto de energia eólica e solar em um mês inteiro”, diz Nicolas Fulghum, analista de dados da Ember, em nota.

Já os combustíveis fósseis, transformados em eletricidade em termelétricas, foram responsáveis por outros 8,9% do total, enquanto as hidrelétricas superaram 60%.

Ainda de acordo com a Ember, a taxa de crescimento de energia eólica e energia solar no Brasil está ainda acima da média global. O novo cenário impacta diretamente na velocidade do processo de transição energética no país, afirma Fulghum.

“Sua ambição está impulsionando o país rapidamente, com a taxa de crescimento anual de energia eólica e solar de 37% em julho, acima da média global. Houve uma mudança real na transição de energia limpa do Brasil, com o crescimento da energia eólica e solar neste ano duas vezes mais rápido do que em 2022”, diz Fulghum.

Eólica e solar geraram 19% da eletricidade no ano

No acumulado do ano, o combo de energias eólica e solar gerou 19% da eletricidade no Brasil. No mesmo período de 2022, a fatia havia sido de 15%. A energia hidrelétrica é a grande líder no país, com 70% no acumulado do ano (frente a 73% no mesmo período de 2022).

As importações e implantações de painéis solares, segundo a Ember, tiveram ritmo recorde do ano passado, mantido no primeiro semestre, o que tem ajudado a ampliar a oferta.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar