Seu portal de notícias do setor energético

Espanhóis investirão R$ 8,5 bi em energia solar no MS

Grupo Solatio anunciou investimento nesta terça-feira (18), em reunião com o governador Eduardo Riedel (Foto: Saul Schramm)

O grupo espanhol Solatio Energia anunciou que investirá R$ 8,5 bilhões na construção da maior fazenda de energia solar do Mato Grosso do Sul, com 3,5 mil hectares de painéis solares e capacidade de geração de 2,5 gigawatts (GW) de energia elétrica. O anúncio foi feito nesta terça-feira (18), em reunião com o governador do estado, Eduardo Riedel, na 83ª edição da feira Expogrande, na capital Campo Grande (MS).

O investimento tem como parceiro a empresa Tradener, que fará a comercialização da energia gerada junto ao mercado livre de energia elétrica. As obras para instalação das placas solares iniciam em setembro deste ano. De acordo com o presidente da Solatio Energia, Pedro Vaquer, o planejamento prevê o início da geração em dois anos.

“Temos um contrato para início da geração em janeiro de 2025. O conjunto de placas em Cassilândia será conectado à estação de Chapadão do Sul, e o de Paranaíba se conecta com a estação de Inocência. Essa é uma parceria com o Governo do Estado. Mato Grosso do Sul merece um investimento dessa envergadura”, finaliza Pedro Vaquer.

Segundo o Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo de Mato Grosso do Sul, além de fomentar o crescimento das energias renováveis, a implantação da nova fazenda solar tem por objetivo ajudar o Estado a atingir a neutralidade de carbono em 2030.

“Essas negociações do Governo do Estado com a Solatio começaram em 2016 e hoje se concretizaram com o anúncio da viabilização do empreendimento. Esse é um investimento fundamental para a nossa política de incentivo à geração de energia limpa e renovável em Mato Grosso do Sul”, disse ele.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar