Seu portal de notícias do setor energético

Fontes renováveis representam mais 90% da energia no Brasil

Indicadores do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apontam que, no primeiro trimestre de 2023, o Sistema Interligado Nacional (SIN) foi abastecido basicamente por fontes limpas, majoritariamente hidráulica, eólica e solar, sendo responsáveis por mais de 90% da eletricidade usada pela sociedade. A participação de geração das fontes renováveis não superava 90% desde 2011, reflexo não só do bom aproveitamento de recursos, como também da ampliação do número de usinas.

Em janeiro, as três fontes somadas chegaram a 91,2%. Nos meses seguintes, esse patamar se manteve elevado, com fevereiro registrando 92,6% e março, com base nos dados apurados até o dia 29 do mês, chegando a 92,4%.

De acordo com o Operador Nacional, os números confirmam que o Brasil tem uma capacidade diferenciada de geração de energia limpa, se comparado com outros países. O sistema elétrico brasileiro já é sustentado por fontes renováveis que também oferecem segurança energética, isto é, conseguem atender plenamente às demandas de carga e potência.

Os dados de Energia Armazenada (EAR), ou seja, a capacidade de gerar eletricidade pela força das águas, demonstram que em março de 2023, o Sudeste/Centro-Oeste registra 82,6%, o que configura o melhor março desde 2011 (82,9%). O avanço ante o mesmo mês de 2022 é de 19 p.p. (63,6%).

Ainda segundo o NOS, os cenários prospectivos para os próximos meses são positivos. Os estudos do Operador também apontam que o subsistema Sudeste/Centro-Oeste (SE/CO), ao final de agosto, deve atingir Energia Armazenada (EAR) entre 76,2%, nas análises menos favoráveis, e 90%, na perspectiva mais elevada. Mesmo se confirmada a suposição inferior, o indicador estará 20,2 p.p. superior ante o aferido em agosto de 2022. O SE/CO é responsável por 70% da energia armazenada no país. Para 31 de agosto, a EAR do SIN deve variar entre 77,6% e 89,3%. Os armazenamentos projetados pelo Operador indicam condições confortáveis para o atendimento ao SIN em 2023.

 

 

Com informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar