Seu portal de notícias do setor energético

Energia produzida pela Omega abastecerá unidades da Cargill

Omega fornecerá energia à Cargill por meio do parque eólico instalado nos municípios de Xique-Xique e Gentio do Ouro, na Bahia (Foto: Divulgação)

A Cargill e a Omega Energia anunciaram ampliação de parceria iniciada em 2022. Desta vez, o acordo prevê fornecimento de energia produzida pela Omega a partir de parque eólico instalado entre os municípios de Xique-Xique e Gentio do Ouro, na Bahia. A fonte limpa abastecerá as unidades fabris da Cargill em todo o Brasil a partir de 2025.

O parque eólico em questão está em construção. O empreendimento abrigará as usinas de Assuruá 5 – I e III. A maior parte dos 81,2 MW de capacidade instalada total do complexo será destinada a abastecer as unidades da Cargill. Segundo a multinacional do setor de alimentos, a iniciativa está alinhada à meta de reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

“A formalização dessa parceria vem reforçar os esforços da Cargill na busca pela utilização de energia limpa e na gestão mais eficiente de suas operações; além de estar alinhada com nossas metas de sustentabilidade e com o objetivo de reduzir nossas emissões de gases de efeito estufa”, destaca Gabriel Garbin, Diretor Regional de Energia da Cargill.

De acordo com a diretora Comercial da Omega Energia, Fabiana Polido, destacou a importância da renovação da parceria com a Cargill. Segundo ela, além de reduzir custos, o acordo impacta diretamente na gestão mais eficiente da matriz energética.

“A relação do agronegócio com a energia renovável é uma excelente alavanca para redução de custos e sustentabilidade e, é por isso que nossa parceria com a Cargill foi renovada neste ano. Segundo a Agência Internacional de Energias Renováveis (Irena), até 2030 o mundo precisará desembolsar cerca de US$ 5,7 trilhões para frear o aquecimento global e evitar os efeitos mais severos do clima. Nesse cenário, as parcerias entre empresas ambientalmente responsáveis facilitam o caminhar rumo ao net zero”, avalia.

Parceria desde 2022

Em meados de 2022, Cargill e a Omega Energia já tinham anunciado parceria para abastecer com energia eólica as plantas da região Nordeste do país. Por meio da nova parceria, em janeiro de 2025, a Cargill se tornará autoprodutora de energia e a maior parte da energia consumida pela empresa no Brasil será proveniente de fontes renováveis, mais um passo importante no caminho da descarbonização da economia. MME planeja planta piloto de H2V em todas as regiões do país

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar