Seu portal de notícias do setor energético

Idema discutirá impactos de complexo eólico no Trairi

Medida foi estabelecida por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU).(Foto: Emanuel Amaral)

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema-RN) promoverá, nesta terça-feira (15), audiência pública para debater a viabilidade ambiental da implantação do Complexo Eólico São José do Campestre. A reunião ocorrerá às 14h, na quadra poliesportiva da Escola Estadual Diógenes da Cunha Lima, em São José do Campestre.

Na ocasião, o órgão fiscalizador apresentará o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e respectivo Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), referente ao complexo eólico. Segundo o coordenador jurídico do Idema, Kepler Brito, os documentos apontam, por exemplo, possíveis impactos à fauna e à flora locais, além de impactos sonoros e hídricos, entre outros.

“O estudo e o relatório incluem diversos blocos de impactos que devem ser levados em conta, e, a partir desses impactos, é direcionada uma série de condicionantes para a instalação do empreendimento eólico. Os documentos apresentam as análises realizadas, e, por isso, são parte importante no processo de instalação do complexo”, detalha.

Ainda de acordo com o coordenador, o evento atende recomendação prevista na Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente – Conama Nº 01/86 e 09/87. Durante a audiência pública, a população poderá esclarecer dúvidas e apresentar críticas e sugestões a respeito do conteúdo apresentado nos estudos ambientais.

“Daí a importância da participação popular na audiência pública, realizada justamente para oportunizar as pessoas que serão impactadas pelo empreendimento a exporem suas dúvidas, a se informarem sobre o projeto e sobre o que ele trará de mudanças no dia a dia dos moradores locais”, enfatiza Brito.

O Complexo Eólico São José do Campestre é composto por 60 aerogeradores distribuídos em seis parques eólicos, sendo que cada parque compreende dez aerogeradores. A potência total prevista para o complexo eólico será de 396 MW, em uma área total de 180,54 hectares, no município de São José do Campestre, através do Processo nº 2022-188250/TEC/LP-0200, de interesse da empresa Ventos de Santo Antonino Energias Renováveis S.A.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar