Seu portal de notícias do setor energético

RN terá 1ª faculdade de energias renováveis do Brasil

Lançamento da Faeti será na próxima segunda-feira (15); faculdade funcionará no Hub de Inovação e Tecnologia (HIT) do Senai-RN, em Natal (Foto: Haniel Faustino)

O Rio Grande do Norte, protagonista nacional no setor de energias renováveis no Brasil, contará, em breve, com a primeira Faculdade de Energias Renováveis e Tecnologias Industriais (Faeti) do país. Portaria publicada pelo Ministério da Educação (MEC) autoriza o funcionamento da Instituição de Ensino Superior do Senai-RN. A expectativa é de que as atividades da faculdade tenham início em 2024.

A confirmação do credenciamento foi oficializada quase um ano após a emissão de parecer favorável da Secretaria de Regulação do Ensino Superior e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), vinculados ao MEC.

De acordo com o diretor do Senai-RN e do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER), Rodrigo Mello, o funcionamento da Faeti marcará ainda mais a atuação do Senai no cenário industrial do Rio Grande do Norte, com atividades voltadas da iniciação profisioinal à pós-graduação.

“Este é o marco zero para a criação de soluções de nível superior no Senai do Rio Grande do Norte. Analisamos que, com esse passo, o estado, que é o maior produtor brasileiro de energia eólica, passa a atender a expectativa do setor de tecnologias industriais e de energias renováveis de forma ainda mais vigorosa, desde a iniciação profissional até a pós-graduação, com foco na atividade de maior crescimento e pujança que temos no cenário industrial”, observa.

A portaria de credenciamento da Faeti, assinada pelo ministro da Educação Camilo Santana, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) e a instituição já consta como ativa no Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de Educação Superior do país.

O presidente do Sistema Fiern e do Conselho Regional do Senai-RN, Amaro Sales de Araújo, destaca que a estrutura inédita se somará ao portfólio de ações de educação e inovação do Sistema FIERN – que engloba Federação das Indústrias do estado, Senai, Sesi e IEL.

“É uma nova instituição de ensino que dá início a suas atividades em prol não só do desenvolvimento da indústria, mas do progresso tecnológico e socioeconômico do Brasil em um momento decisivo para a transição energética. A aprovação do seu funcionamento é motivo de grande alegria, é a consolidação de um projeto iniciado há alguns anos, que se torna realidade”, ressalta Sales.

Formação

O foco da Faeti será na formação de profissionais voltados às necessidades práticas da indústria de energias renováveis, atividade em que o Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), do Senai-RN, e o Instituto Senai de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) já são referências nacionais em educação profissional, Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação (PD&I) e oferta de serviços tecnológicos.

A faculdade será instalada no Hub de Inovação e Tecnologia (HIT) do SENAI-RN, em Natal, complexo que, na área de energia, já sedia o CTGAS-ER e o ISI-ER. Os planos para o início da operação incluem cursos de graduação e pós-graduação focados especialmente na área de engenharia.

de acordo com o Senai, a equipe docente será formada por mestres e doutores/as da equipe do ISI-ER, e por profissionais do mercado, especialmente das principais multinacionais do setor de energia.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar