Seu portal de notícias do setor energético

Petrobras conclui venda de campos no ES para Seacrest

Cavalo-de-pau opera no Complexo Cricaré (ES), que integra Polo Norte Capixaba, comprado pela Seacrest (Foto: divulgação)

A Petrobras concluiu nesta quarta-feira (12), a venda dos ativos do Polo Norte Capixaba para Seacrest Petróleo. O valor final pago à estatal é de USD 426,65 milhões, que se soma aos USD 35,85 milhões pagos na assinatura do contrato de compra, em 23 de fevereiro 2022. A negociação também inclui até USD 66 milhões de pagamentos contingentes que dependem dos preços futuros do Brent.

Em comunicado, a Petrobras afirmou que “todas as condições precedentes” foram atendidas para conclusão do negócio. Ainda segundo o documento, “a Seacrest assume a condição de operadora dos campos do Polo Norte Capixaba e demais infraestruturas de produção”, pontuou.

Os campos capixabas estavam na lista dos ativos com contratos assinados. Com a mudança de governo, o ministério de Minas e Energia (MME) pediu, em dois momentos, que a Petrobras suspendesse a venda de todos os ativos.

Também por meio de comunicado, a Seacrest ressaltou que o fechamento da aquisição da Norte Capixaba é um passo fundamental para estabelecer a operadora como uma das principais produtoras onshore de petróleo e gás no Brasil.

A companhia agora possui reservas 2P certificadas de 140 milhões de barris de óleo equivalente e é a terceira maior produtora onshore de petróleo e gás no Brasil.

Segundo o CEO da Seacrest Petroleo, Michael Stewart, a conclusão da compra dos campos no Espírito Santo é decisiva para que a empresa execute estratégias de crescimento.

“A conclusão da aquisição da Norte Capixaba é transformadora para a Seacrest Petroleo. Agora estamos ansiosos para executar nossa estratégia de crescimento rentável por meio de uma combinação de atividades de poços de baixo risco e eficiências operacionais, a fim de avançarmos para uma posição de pagamento de dividendos até o final do próximo ano”, afirmou.

Produção deve triplicar em dois anos

A Seacrest prevê que a produção combinada do Cluster Cricaré e do Cluster Norte Capixaba alcance, no segundo semestre de 2023, 8.064 bbl/d.

De acordo com seu o plano de desenvolvimento, a empresa estima triplicar a produção até 2025. O Cluster Norte Capixaba compreende quatro campos terrestres: Cancã, Fazenda Alegre, Fazenda São Rafael e Fazenda Santa Luzia.

Inclui ainda extenso pipeline, infraestrutura, instalações de processamento e o Terminal Norte Capixaba offshore de carregamento de petroleiros que permite a exportação da mistura de óleo combustível de baixo teor de enxofre com preço premium da companhia.

Sobre a Seacrest

A Seacrest Petroleo é uma empresa independente de produção de petróleo e gás com um portfólio integrado de campos de produção de petróleo em terra e infraestrutura de exportação em terra no Espírito Santo. A empresa possui escritórios nas Bermudas, Noruega e Brasil.

Os campos têm volumes estimados de óleo e gás de 1,2 bilhão de barris de óleo equivalente e reservas 2P certificadas de 140 milhões de barris de óleo equivalente.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar