Seu portal de notícias do setor energético

Petrobras conclui venda dos Polos Golfinho e Camarupim

FPSO Cidade de Vitória: plataforma que produz no campo de Golfinho, no ES (Foto: Cacá Lima)

A  Petrobras informou que concluiu hoje (29) a transferência da totalidade de sua participação nos conjuntos de concessões marítimas denominados Polo Golfinho e Polo Camarupim. Os polos estão localizados em águas profundas no pós-sal, da Bacia do Espírito Santo e foram vendidos à empresa BW Energy Maromba do Brasil Ltda (BWE).

Segundo a estatal, a transação ocorre após o cumprimento das condições precedentes previstas nos contratos vinculantes assinados em 24 de junho de 2022. A operação foi concluída com o pagamento à vista de US$ 12,2 milhões para a Petrobras, já com os ajustes previstos no contrato.

O valor recebido hoje se soma ao montante de US$ 3 milhões pagos à Petrobras na ocasião da assinatura do contrato. Além desse montante, é previsto o recebimento pela Petrobras de até US$ 60 milhões em pagamentos contingentes, a depender das cotações futuras do Brent e desenvolvimento dos ativos.

Com a conclusão da cessão, a BWE assume a condição de operadora das concessões marítimas contidas nos Polos Golfinho e Camarupim. Os campos cedidos respondem por 6,6% da produção operada pela Petrobras no Estado do Espírito Santo. De acordo com a petroleira, a transferência não impacta as demais atividades da Petrobras na região, onde a empresa mantém operações de importantes campos em águas profundas, a exemplo do Parque das Baleias, além de 6 áreas exploratórias.

A Companhia mantém seus compromissos de investimento no Estado do Espírito Santo, com destaque para a implantação de uma nova unidade de produção no Campo de Jubarte (FPSO Maria Quitéria) e para a interligação de novos poços, projetando um incremento da sua curva de produção até 2027.

Além dos campos offshore, a Petrobras permanece com outras operações no estado, como as unidades de processamento de gás natural de Cacimbas (UTGC) e Sul Capixaba (UTGSUL) e o Terminal Aquaviário Barra do Riacho.

Sobre os Polos Golfinho e Camarupim

O Polo Golfinho está localizado em lâmina d’água entre 1.300 m e 2.200 m, compreendendo os campos de Golfinho, produtor de óleo, e Canapu, produtor de gás não associado, e o bloco exploratório BM-ES-23.

O Polo Camarupim está localizado em lâmina d’água entre 100 m e 1.050 m, compreendendo os campos unitizados de Camarupim e Camarupim Norte, ambos de gás não associado.

A Petrobras detinha 100% de participação nos conjuntos de concessões dos Polos Golfinho e Camarupim, com exceção do bloco exploratório BM-ES-23, em que possuía participação majoritária de 65%, em parceria com a  Aquamarine Exploração Ltda (20%) e Inpex Petróleo Santos Ltda (15%). A Petrobras era a operadora em todas as concessões.

A produção total média do campo de Golfinho em julho de 2023 foi de 10,2 mil bpd de óleo e 114,6 mil m3/dia de gás. As demais áreas não se encontram em produção.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar