Seu portal de notícias do setor energético

Polo Potiguar alavanca recordes de crescimento da 3R

Acordo forma empresa com potencial de produção de mais de 100 mil barris por dia de petróleo e gás (Divulgação)

A 3R Petroleum registrou recordes operacionais e financeiros no terceiro trimestre de 2023. Nos resultados, anunciados hoje (9), a companhia informa que alcançou média recorde de produção de cerca de 43 mil barris de óleo equivalente por dia no período. O aumento é de 2,9 e 6,6 vezes em um período de 12 e 24 meses, respectivamente.

Segundo o CEO da 3R Petroleum, Matheus Dias, os dados positivos estão diretamente relacionados à aquisição do Polo Potiguar, no Rio Grande do Norte. O ativo foi incorporado à companhia em junho passado.

“Este crescimento decorre da incorporação de novos ativos, principalmente do Polo Potiguar, e da evolução orgânica de ativos já operados pela 3R há mais tempo”, destaca.

Ainda segundo Dias, neste aspecto, o maior destaque é o Polo Macau que, após uma longa jornada de melhorias operacionais e esforços para ampliação da capacidade de processamento, registrou incremento em cerca de 80% da produção de óleo durante o ano de 2023.

Ainda nas operações, o terceiro trimestre marcou o primeiro período completo de operação do Polo Potiguar, tanto no segmento upstream, como na operação dos ativos de mid & downstream.

Com a integração desses ativos, a 3R passou a deter infraestrutura própria na Bacia Potiguar para escoar, estocar, refinar e vender seus produtos localmente ou para fora do Estado, através do Terminal Aquaviário, que permite vendas por cabotagem ou exportação, além de contar com importante fonte de receitas por meio da prestação de serviços e compartilhamento de instalações aos demais produtores locais e empresas distribuidoras.

O Cluster Potiguar passou a representar cerca de 60% da produção total e 70% da produção de óleo da Companhia no terceiro trimestre de 2023.

Rodrigo Pizarro, CFO e diretor de Relações com Investidores, explica que no âmbito estratégico e comercial, a 3R apresentou forte evolução no trimestre, com a implementação de novos contratos de venda de óleo e gás.

“As condições comerciais em todos Clusters foram otimizadas ao longo de 2023, com redução dos descontos na venda de óleo nas Bacias do Recôncavo, Potiguar e em Papa Terra, e melhores condições de venda de gás na Bahia e no Espírito Santo. Na venda de óleo, a 3R evoluiu de um preço médio de venda de 79% sobre o preço de referência do óleo tipo Brent no primeiro trimestre do ano para 93% no terceiro trimestre do ano. Já na venda de gás, a Companhia saiu de preços de venda abaixo de 5% sobre o preço de referência do óleo tipo Brent nos últimos anos, para 11% na média do terceiro trimestre do ano”, explicou.

Receita

O avanço da estratégia comercial aliado ao desempenho operacional proporcionou uma receita líquida recorde de mais de R$ 2,3 bilhões no trimestre, somando aproximadamente R$ 3,8 bilhões nos primeiros 9 meses do ano, informa Pizarro.

A receita líquida registrada no terceiro trimestre de 2023 foi 29 vezes maior do que a receita do mesmo período de 2020, trimestre que marcou a primeira divulgação de resultados da Companhia após a abertura de capital, enquanto a receita líquida acumulada em 2023 já supera a soma das receitas líquidas dos anos de 2020, 2021 e 2022 em mais de R$ 1 bilhão.

Esse resultado demostra quão forte tem sido o ritmo de crescimento da 3R nos últimos três anos”, completa. “Em linha com o incremento das receitas, atingimos um EBITDA ajustado recorde de R$ 829 milhões no trimestre, somando aproximadamente R$ 1,2 bilhão nos primeiros 9 meses do ano, valor superior a soma do EBITDA ajustado registrado nos últimos três anos”, diz.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar