Seu portal de notícias do setor energético

Projeto complementará Porto-Indústria Verde no RN

Representantes da Intermarítima foram recebidos pela governadora do RN, Fátima Bezerra, ontem (10) (Divulgação)

O Rio Grande do Norte avança nas discussões em torno do desenvolvimento de projetos voltados à produção de hidrogênio verde. Nesta segunda-feira (10), a Intermarítima, administradora do Porto-ilha de Areia Branca, apresentou à governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), projeto que serve como solução complementar ao Porto-Indústria Verde de Caiçara do Rio dos Ventos.

A iniciativa consiste no aproveitamento do potencial que o Rio Grande do Norte possui para a geração de energia eólica offshore (no mar). Segundo a Intermarítima, trata-se da instalação de equipamentos para auxiliar a estrutura de implantação e manutenção das empresas geradoras de energia. Isto inclui parte de peças, disponibilização de  equipes, equipamentos de manutenção, tudo a partir de mais uma instalação portuária.

Ao elogiar o projeto, a chefe do Executivo potiguar destacou a importância das energias renováveis para o processo de transição energética no estado.

“Importante destacar que o sol e o mar que antes eram vistos somente como atrativos turísticos, se tornam a principal base para a transição energética”, ressaltou Fátima Bezerra.

A governadora lembrou que o Rio Grande do Norte tem realizado estudos para a implantação do porto-verde de hidrogênio e que, inclusive, a área escolhida para a implantação é fruto deste detalhamento.

“Nós sabemos também que exatamente esse cuidado tem despertado o interesse das empresas. E é de mãos dadas com a iniciativa privada que iremos trazer mais empregos, renda e desenvolvimento para o Rio Grande do Norte”, disse Fátima.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração da Intermarítima, Roberto Zitelmann, a ideia é ampliar a atuação da administradora portuária no Rio Grande do Norte.

“Já temos investimentos aqui e queremos somar cada vez mais com o estado”, disse.

O presidente da Federação das Indústrias, Amaro Sales, acompanhou os gestores da Intermarítima (cuja sede fica em Salvador, Bahia) na reunião, e exaltou o clima de parceria e bom relacionamento com o governo do Estado, no esforço conjunto de trazer investimentos para a região.  “Estamos aqui acompanhando os empresários que fazem a administração do porto-ilha e estamos fazendo a defesa da indústria para que tenhamos um porto verde forte e assim tenhamos um estado forte”, disse Sales.

Participaram também da reunião Raimundo Alves, secretário-chefe do Gabinete Civil; Jaime Calado, secretário estadual de Desenvolvimento Econômico; Silvio Torquato, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico; Virgínia Ferreira, secretária estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão; Hugo Fonseca, coordenador de Planejamento Energético da Sedec; Emília Casanova, subcoordenadora de Planejamento Energético da Sedec; Amaro Sales, presidente da Federação das Indústrias; Roberto Serquiz, presidente eleito da Fiern; Roberto Oliva, Roberto Zitelmann e Ricardo Oliva, diretores da Intermarítima.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar