Seu portal de notícias do setor energético

Qair Brasil inaugura 1º parque híbrido de renováveis do país

Cluster Híbrido Eólico e Solar Fotovoltaico tem capacidade de produção de 429,4 megawatts (Foto: Governo do Ceará)

A Qair Brasil, subsidiária brasileira do grupo francês Qair International, inaugurou, na última sexta-feira (21), no município de Trairi, no Ceará, o Cluster Híbrido Eólico e Solar Fotovoltaico, que contempla duas formas de energias limpas: eólica e solar fotovoltaica. Foram investidos quase R$ 2 bilhões no empreendimento, que é o primeiro parque híbrido do Brasil em operação.

Com capacidade de produção de 429,4 megawatts (MW), o Cluster Híbrido Eólico e Solar Fotovoltaico pode atender a 800 mil residências sem poluir o meio ambiente. Os números do empreendimento representam aproximadamente 103.850 toneladas de emissões evitadas de CO2, além poupar a destruição de 1.950.000 árvores.

Na ocasião, o governador ressaltou que as energias renováveis são estratégicas para o desenvolvimento socioeconômico do Ceará.

“Para além de ser prioritário, é o tema mais estratégico para o Estado. Se tem algo que é decisivo para o Ceará ter um futuro promissor é nós, objetivamente, termos a compreensão de que a energia renovável poderá ser, será, um novo capítulo na economia do Estado e do nosso povo”, afirmou.

Empregos

Segundo o presidente da Qair Brasil, Armando Abreu, foram gerados 1.100 empregos diretos durante a construção do Cluster, sendo cerca de 80% desses destinados aos cearenses.

“A Qair sempre que instala um parque, seja ele eólico ou solar, uma de suas condições contratuais é, exatamente, a utilização da mão de obra local”, disse, acrescentando que, atualmente, a empresa tem contrato permanente com, em média, 80 pessoas, sendo a maioria do Ceará.

Hidrogênio verde

O presidente da Qair também destacou a atuação da empresa no Ceará com outras fontes de energia limpa, a exemplo do hidrogênio verde

“O nosso projeto em relação ao hidrogênio no Ceará começou há três anos. Hoje, em parceria com outra empresa, temos o primeiro projeto para solicitação de uma licença prévia de uma iniciativa de hidrogênio de 280 megawatts”.

Armando Abreu anunciou ainda uma parceria com a EDP, primeira empresa no Ceará a produzir uma molécula de Hidrogênio Verde, e com a CSI Geradores para fornecer geradores de hidrogênio, comprados pela Qair juntamente com a CSI, para suprir a energia elétrica de diversos eventos no estado. “Não há uma central grande, são dois geradores de 100kw, mas temos o objetivo de fornecer o que for possível, em termos de energia, para eventos, sejam eles do Governo do Estado ou de outras instituições”, reafirmou.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar