Seu portal de notícias do setor energético

Reservas provadas da 3R Petroleum recuaram 2,5%

O documento revela que as reservas provadas (1P) da companhia somam 367,2 milhões de barris de óleo equivalente (Divulgação/3R Petroleum)

A 3R Petroleum divulgou ao mercado o novo relatório de certificação de reservas, com data-base de 31 de dezembro de 2022. O documento revela que as reservas provadas (1P) da companhia somam 367,2 milhões de barris de oélo equivalente e recuaram 2,5% em comparação ao relatório anterior, de dezembro de 2021.

A maior parte das reservas provadas da companhia estão concentradas nos polos Macau, Areia Branca, Fazenda Belém, Pescada e Potiguar, na Bacia Potiguar, e somam 230,3 milhões de barris de óleo equivalente. Já os Polos Rio Ventura e Recôncavo, na Bacia do Recôncavo, somam 73,6 milhões de barris de óleo equivalente.

No Polo Papa Terra, na Bacia de Campos, onde a empresa possui uma participação líquida de 53,13%, as reservas 1P somam 54,7 milhões de barris de óleo equivalente. Por fim, no Polo Peroá, na Bacia do Espírito Santo, onde a 3R detém 85% de participação, as reservas 1P totalizam 8,6 milhões de barris de óleo equivalente.

“Considerando o portfólio consolidado, a 3R passa a dispor de 516,0 milhões de barris óleo equivalente de reservas provadas mais prováveis (2P), dos quais 367,2 milhões de barris (ou 71%) são reservas provadas (1P) e ainda 32% das reservas 2P são classificadas como reservas provadas desenvolvidas em produção (PDP). Do total de reservas 2P, 12% representam reservas de gás natural”, detalhou a companhia em comunicado assinado pelo diretor financeiro Rodrigo Pizarro.

A 3R destaca que os volumes certificados relativos à Malombe, que compõe o Polo Peroá, foram classificados como recursos contingentes (12 MMboe de 2C), condicionados apenas à declaração de comercialidade do ativo perante à Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar