Seu portal de notícias do setor energético

RN ganha novo complexo eólico com potência de 109 MW

Complexo terá capacidade para abastecer até 580 mil residências no padrão médio de consumo do Nordeste (Divulgação)

Com potência instalada de 109,2 MW e capacidade para abastecer até 580 mil residências no padrão médio de consumo do Nordeste, foi inaugurado, nesta terça-feira (21), no Rio Grande do Norte, o Complexo Eólico Acauã. O empreendimento, da Aliança Energia, possui 26 aerogeradores com capacidade instalada de 4,2 MW cada, distribuídos em quatro parques eólicos nos municípios de Santana do Matos, Lagoa Nova, São Vicente e Tenente Laurentino Cruz.

O Complexo Acauã está integrado ao Sistema Interligado Nacional (SIN) por uma linha de transmissão com 17,7 km de extensão e 53 torres de aço galvanizado, que conecta o empreendimento à subestação

De acordo com o diretor administrativo do Complexo Eólico Acauã, Carlos Henrique Afonso, o empreendimento contribuirá sobremaneira para a ampliar a representatividade da energia eólica na matriz elétrica brasileira.

“A conclusão deste importante empreendimento contribuirá para a geração de energia renovável na matriz elétrica brasileira. Ressaltamos a importância de cada colaborador que participou desta obra, tornando-a referência em práticas seguras e sustentáveis no setor”.

Segundo a Aliança Energia, a construção do projeto gerou mais de 800 empregos, grande parte ocupados por moradores do Rio Grande do Norte. O investimento total no complexo é de R$ 732 milhões.

Câmara

compartilhe

A publicidade é a vida do negócio
Aumente suas possibilidades
Se eu tivesse um único dólar